segunda-feira, 13 de novembro de 2017

"Duplec Duplin" Samba-Rock na Penha


Para celebrar o Samba-Rock como Patrimônio Imaterial da cidade de São Paulo e apresentá-lo às novas gerações, o Movimento Cultural Penha, e o grupo Comitê do Soul apresentam uma atividade especial, “Dublec dublim”, é voltada a toda família e em especial ao público infantil, com as seguintes atividades:
Apresentação Musical com a banda Comitê do Soul apresentando um repertório de músicas presentes no repertório dos bailes e festas populares de comunidades da periferia;

Dança Samba-rock: um casal fará uma performance de dança samba-rock além de orientar as crianças, jovens e adultos que quiserem aprender movimentos básicos do ritmo;

Intervenções com DJ homenageando o “discotecário” com músicas clássicas dos bailes e abrindo para apresentação do grupo Comitê do Soul.

Trazer o Samba-rock como meio para o diálogo da cultura popular e afro-brasileira com o público juvenil e infantil e seus respectivos familiares independente de sua etnia e/ou origem social, contribui com a necessidade de se trazer outras narrativas sociais e culturais, destacando o reconhecimento das contribuições de cantores e cantoras, bandas e musicistas negros para a criação de identidade, protagonismo da população afrodescendente.

Dia 19/11/2017 (domingo), às 16:00
Local: Centro Cultural da Penha, Largo do Rosário, 20
Duração: entre 1’ a 1’30min

Ficha técnica:

Banda Comitê do Soul
Sérgio Oliveira - voz
Camila Oliveira - voz
Renata Oliveira - voz
Cleiton Dias - voz
Paulo Oliveira – trombone
Juliana das Neves - trompete
Will de Paula – teclado
Milton Tadeu – contra-baixo
Márcio Costa - Guitarra
Luiz Guilherme Barros – bateria
Duda Ramos – trompete
Sandro – percussão
Clayton Silva – Sax
Josi - roadie

Júlia Carvalho – dançarina
Lucas Inácio Militão – dançarino

Produção (Movimento Cultural Penha)
Patrícia Freire - Cenografia e figurino
Daniela Gonc – maquiagem
Julio Cesar Marcelino – produção
Adriana Tadeu – Camarim
Douglas Campos – fotografia

Técnica: Luz e som – Centro Cultural Penha
Bolinha De Sabão
Trio Esperança

Sentado na calçada
De canudo e canequinha
Dublec dublim
Eu vi um garotinho
Dublec dublim (bis)
Fazer uma bolinha
Dublec duplim
Bolinha de sabão
Eu fiquei a olhar
Eu pedi para ver
Quando ele me chamou
E pediu pra com ele brincar
Foi então que eu vi
Como era bom brincar
Com bolinha de sabão
Ser criança é bom
Agora vou passar
A fazer bolinha de ilusão

Ilustração Patricia Freire

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Grupo de Estudos Afro-Paulistano

Ocorreu no Centro Cultural da Penha no dia 27/09/2017, às 19:30 o primeiro encontro do Grupo de Estudos Afro-Paulistanos. 

Neste primeiro encontro houve uma apresentação do histórico do Grupo Angana, dos seus integrantes e apresentação dos participantes. A diversidade de áreas de interesse demostra a amplitude e pertinência do tema.
 Em seguida foi exposto como se dará as dinâmicas dos encontros e assistimos dez minutos do vídeo dos Racionais MC´s: "1000 trutas e 1000 tretas", para abrir a discussão.

Para o próximo encontro foi sugerido a leitura prévia do texto “Territórios Negros nas Cidades Brasileiras (etnicidade e cidade em São Paulo e Rio de Janeiro)" de Raquel Rolnik.






quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Exposição "Sesmaria de Passarinho"


No dia 1º de setembro o Grupo Ururay em parceria com o Centro de Preservação Cultural da USP - Casa de Dona Yayá lançou a exposição "Sesmaria de Passarinhos". A abertura ocorreu com a mesa  "Memória, patrimônio e universidade", em que falaram Monica Junqueira de Camargo (diretora do CPC-USP), Gabriel Fernandes (CPC), Lucas Florêncio Costa (do Grupo Ururay) e Valéria Barbosa de Magalhães (docente da Each).

A exposição ficará em cartaz na Casa de Dona Yayá até fevereiro de 2018. Junto a ela, há uma programação paralela de visitas a alguns dos patrimônios presentes na região leste de São Paulo, que pode ser conferida na página do CPC-USP.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Espaço de Memória e Cultura: Territórios de Conflito

No mês de julho de 03 a 08,  o Movimento Cultural Penha foi uma das entidades convidadas pelo Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo para participar do workshop internacional que trouxe o tema: Espaço de Memória e Cultura: Territórios de Conflito. Neste Workshop o MCP pode falar do projeto do Grupo Ururay. Foi uma troca de experiência muito rica para a instituição, segue abaixo um teaser do documentário “Territórios de Ururay” que fez parte do projeto que leva o mesmo nome.

Celebração e colocação do mastro.

No mês de junho ocorreu as atividades culturais e religiosas  da 16ª Festa da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos da Penha de França. Segue abaixo um teaser da abertura dos festejos, a Celebração e a colocação do mastro.